Manifestantes prometem novos atos em repúdio aos reajustes nas passagens de transporte público na Grande Belo Horizonte. Neste sábado (9) a Associação dos Usuários de Transporte Coletivo de Lagoa Santa , Região Metropolitana de Belo Horizonte, irá se reunir na rodoviária da cidade às 17h30 para programar um ato a ser realizado no Terminal Vilarinho.

O protesto é contra o reajuste na tarifa dos ônibus que atendem a Região Metropolitana. O aumento médio para Grande BH é de 12,89% e está em vigor desde domingo (3). Considerado abusivo pelo Ministério Público de Minas Gerais, o percentual ficou acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 10,97%, nos últimos 12 meses. O caso está sendo investigado pela promotoria. 

O ato, que ainda não tem data para acontecer, será realizado no Terminal Vilarinho. A ação é organizada pela Associação dos Usuários de Transporte Coletivo de Lagoa Santa , região metropolitana de Belo Horizonte.

Capital

Neste sábado (9), integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) irão se reunir na praça Aonso Arinos às 18h em Belo Horizonte. No encontro, os participantes pretendem definir novas estratégias para mobilizar a população belo-horizontina contra o aumento das tarifas de ônibus.

A ação é em repúdio ao aumento da tarifa dos ônibus na capital mineira. Desde domingo (3), a passagem saltou de R$ 3,40 para R$ 3,70, sofrendo aumento de 8,82%. Foi o terceiro reajuste em um ano.

Para a próxima quarta-feira (13) os manifestantes prometem novo ato. Desta vez, o protesto deve acontecer em Contagem, na região metropolitana.