Apesar das fortes chuvas registradas na capital mineira nos últimos dias, os reservatórios que abastecem Belo Horizonte e região metropolitana não tiveram aumento significativo em seus níveis. De acordo com monitoramento da Copasa, os reservatórios do Sistema Paraopeba ainda têm o pior volume para o mês de Novembro, desde 2013.
 
Nos últimos 30 dias, o nível do Sistema Paraopeba passou de 22,8 para 20,9 milímetros. No reservatório Rio Manso, a queda foi de 32,4 para 28,7 milímetros, enquanto no Serra Azul o nível teve queda de 7,2 para 5,6 milímetros. Apenas o Vargem das Flores teve aumento, passando de 21 para 25,9 milímetros.

Segundo informações do Tempo Clima/PUC Minas, para o mês de novembro é comum que chova, ao longo de 15 dias, 227,6 milímetros. Até esta segunda-feira (23), o índice pluviométrico registrado em Belo Horizonte, após oito dias de chuva, foi de 155,8 milímetros, o que representa cerca de 68,4% do esperado para todo o mês.
 
A expectativa para o resto da semana e do mês de novembro é que o tempo continue chuvoso. Até agora, o recorde diário de chuva para novembro foi registrado no dia 18, com 68 milímetros.