Um homem de 29 anos se entregou nesta segunda-feira (21) à Policia Civil, suspeito pelo estupro, agressão e assassinato do enteado dele, um bebê de quatro meses. O crime foi registrado em São João da Ponte, no Norte de Minas Gerais, no último sábado (19).
 
Segundo a Polícia Civil, o padrastro agrediu o bebê, batendo a cabeça dele na parede, além de abusar sexualmente do menino. Todo o crime foi presenciado pela mãe da criança, que alegou não intervir pois foi ameaçada pelo agressor. Ela também chegou a ser presa no dia do crime, mas foi libertada nesta segunda, sob o benefício de liberdade provisória.