O Sindicato dos Rodoviários de Belo Horizonte (STTRBH) ameaça repetir nesta terça-feira (9) a paralisação realizada nesta segunda-feira (8). O ato reivindica o pagamento de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), prometido pelas empresas de ônibus.
 
Segundo o diretor de comunicação do do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (STTR), Carlos Henrique, nesta segunda-feira foram quatro empresas que não operaram no Barreiro e em Venda Nova. Para esta terça-feira, a paralisação pode ser intensificada para outras garagens. “Não houve nenhuma procura pelo sindicato patronal e nem agendamento de reunião. Só alegaram que, devido a crise, não tem o dinheiro para pagar o PLR”, afirmou.
 
Prejuízo
 
A paralisação nesta segunda comprometeu 48 linhas do transporte coletivo e deixou milhares de pessoas sem o transporte público. Segundo a BHTrans, as estações Pampulha, São Gabriel, Venda Nova e Vilarinho só retomaram gradualmente a operação durante a tarde. Já as Estações Barreiro e Diamante operavam parcialmente às 17h desta segunda, apenas com linhas DER. Em todas as estações a presença da Polícia Militar está mantida.
 
Carlos Henrique explicou que um acordo acertado em março com a categoria, prometia uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 347,52 para quem recebe acima de R$ 1 mil e R$ 173,76 para quem tem um salário abaixo desse valor.