Um jovem de 20 anos que estaria vendendo droga em uma passarela de acesso à estação do metrô São Gabriel foi executado com dez disparos de arma de fogo por cinco suspeitos. O crime aconteceu na noite dessa segunda-feira (5), na região Nordeste de Belo Horizonte.

A Polícia Militar (PM) conversou com uma testemunha que informou que quatro homens negros e um branco se encontraram próximo à bilheteria do metrô e que ouviu o rapaz branco dizer para os outros comparsas que era para descarregar as armas.

Os suspeitos estavam com armas de diferentes calibres, segundo a perícia, que constatou ainda que Pablo Cristian Gomes dos Santos, a vítima, apresentava três perfurações no peito, uma na cabeça, duas nas costas, uma no braço, dois na perna e mais uma na cintura.

O crime pode ter sido gravada pelas câmeras de segurança da estação. Uma outra testemunha, que viu toda a ação, relatou aos militares que enquanto os suspeitos se aproximavam, a vítima teria ordenado a uma pessoa que estava com ele que ela corresse. A testemunha obedeceu e seguiu para uma estação do Move. Em seguida, ela contou que apenas apenas ouviu os disparos.

O pai da vítima esteve no local e reconheceu o corpo. Ele disse que o jovem morava com o avô e não soube dar muitas informações sobre autoria e motivação.

A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan 1).