A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) reconheceu, nesta quinta-feira (18), o Instituto Hahaha como sendo uma entidade de utilidade pública, ou seja, uma organização que presta serviço à sociedade de forma desinteressada. A ONG é conhecida por promover a atuação de palhaços em hospitais.

Isabel Jimenez, responsável pelo setor de sustentabilidade do projeto, está orgulhosa pelo reconhecimento do trabalho que o instituto realiza. Segundo ela, a proposta da organização é muito importante para a transformação do ambiente hospitalar, principalmente na rede pública.   

"Nós tentamos levar alegria para as crianças hospitalizadas. Realizamos um trabalho, além de humanitário, que apresente resultados positivos até mesmo na saúde dos pequenos pacientes",

O decreto, assinado pelo prefeito Marcio Larcerda, foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) e entra em vigor a partir desta quinta-feira.