Nos últimos minutos para o início das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), muita gente se apressou, mas nem todos conseguiram chegar a tempo neste sábado (8). Os portões foram fecharam às 13h em ponto, em todos os locais onde a prova é realizada no Brasil. Apenas quem conseguiu entrar no horário pôde acessar os locais das provas. O clima na portaria das instituição era de tristeza e decepção.
 
Na PUC Minas, no bairro Coração Eucarístico, pelo menos dez candidatos chegaram atrasados. Na instituição, poucos segundos antes de fechar os portões, os fiscais chegaram a perguntar se mais algum candidato estava na porta para fazer o exame. Áurea Carolina Cruz, de 18 anos, chegou três minutos após o fechamento. “O trânsito estava horrível e não consegui chegar”, disse. Ela ia fazer o Enem para ingressar no curso de Medicina. “Estou decepcionada”, lamentou.
 
Igor Alves, de 21 anos, também perdeu a prova por causa do trânsito. “O ônibus demorou e eu peguei um táxi e mesmo assim não consegui chegar. Tenho a esperança de poder fazer a redação amanhã”, afirmou.
 
Houve correria também próximo ao Colégio Arnaldo, no bairro Santa Efigênia, na região Leste de Belo Horizonte. Dezenas de pessoas se apressaram para entrar na intituição, mas o portão já estava fechado.
 
Até às 13h20, a Polícia Militar (PM) não registrou nenhuma ocorrência por causa da prova.
 
Atualizada às 14h15.