O protesto de moradores de Ravena, distrito de Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (5), contra a redução no quadro de horário dos ônibus que atendem a localidade, deu resultados. Uma reunião entre as empresas do Consorcio Estrada Real e da comunidade está agendado para os próximos dias, conforme o  Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiro Metropolitano (Sintram).
 
Segundo o sindicato, a mudança do quadro de horários ocorreu há quatro dias, na linha 4872 (Ravena / Belo Horizonte). A alteração teria sido acordada com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop).
 
Na manhã desta quarta-feira, moradores de Ravena impediram, na porta da empresa Saritur, a saída dos ônibus e a circulação dos coletivos pela cidade. Eles reclamaram que não houve nenhum contato prévio com a comunidade e que os intervalos entre os veículos chegam a superar 50 minutos, no horário de pico.