A Polícia Civil investiga o envenenamento de um andarilho em Uberaba, no Triângulo Mineiro. Após comer um pão com carne supostamente "batizado", José Cavalcante de Albuquerque Neto, de 41 anos, ficou gravemente ferido. Um cachorro e um gato que viviam com a vítima morreram.
 
Testemunhas contaram que esse não é o primeiro caso de envenenamento de moradores de rua no município. O delegado Luiz Antônio Blanco apura a denúncia, mas informou que este é o primeiro caso que gerou Boletim de Ocorrência. Ele informou que vai solicitar exames toxicológicos e ouvir testemunhas para confirmar se José Cavalcante foi realmente envenenado. Um inquérito já foi instaurado.
 
Na quinta-feira (7), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o andarilho que estava passando mal na rua José Lucas Evangelista, Vila São Cristóvão, e acionou a Polícia Militar. Ele apresentava sinais de intoxicação alimentar, tais como vômito e dores abdominais.
 
O morador de rua foi levado para o Hospital das Clínicas, onde a médica informou que o paciente estava com excreções pulmonares e salivação. O estado de saúde dele é considerado grave.
 
José Cavalcante disse que pediu um pão com carne para outro andarilho e, logo após ingerir o alimento, começou a passar mal, com dores no estômago. O outro andarilho, no entanto, também comeu o pão com carne mas não sentiu mal.
 
Atualizada às 15h15