Pouco menos de uma hora para o jogo entre Brasil e Chile começar, o Twitter oficial da Polícia Federal publicou uma mensagem alarmante, na qual era informada uma ameaça de bomba no Mineirão, local da partida. Contudo, a mensagem foi postada por um hacker e desmentida por membros do Comitê Executivo de Segurança Integrada Regional (CESIR).
 
"Foi confirmada a ameaça de bomba no Mineirão, a evacuação do local não foi descartada", dizia a mensagem falsa, por volta das 12h30 e apagada por volta das 13h38. Ela foi compartilhada por mais de dois mil usuários da rede social.
 
Há esquedrões antibombas posicionados tanto no estádio mineiro quanto no Aeroporto de Confins. A assessoria da Polícia Federal investiga ainda os motivos da invasão na conta do Twitter.