Foi preso o quinto envolvido no roubo de 45 armas da Central de Escoltas da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. A detenção do pedreiro Sandro Bispo dos Santos, de 35 anos, foi divulgada pela assessoria de imprensa da Polícia Civil (PC) na tarde desta segunda-feira (5). Porém, o suspeito foi encontrado durante cumprimento de prisão preventiva realizado pela equipe da 5ª Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Antissequestro e Organizações Criminosas (Deroc) no começo da manhã.
 
O pedreiro, morador do bairro Vale da Prata, também em Ribeirão das Neves, é dono do imóvel onde a maioria do armamento roubado foi recuperada. Ele foi abordado pelos policiais quando estava na rua e a caminho do trabalho. Santos não resistiu à prisão e é amigo de infância de Artur Rodrigues Nogueira, que já estava preso por também envolvimento no mesmo crime. Além disso, Nogueira é irmão do agente penitenciário Marco Antônio Rodrigues de Oliveira, que foi quem planejou toda a ação criminosa ocorrida no dia 24 de março deste ano.
 
Após ser preso, o quinto conduzido negou participação no roubo e ainda afirmou que não sabia que as armas estavam escondidas na sua casa. Ele ainda disse que Nogueira tinha acesso livre ao local e que até andava com as chaves da residência. Entretanto, o pedreiro foi indiciado por posse ilegal de armas e encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira.
 
Atualmente, das 45 armas roubadas, quatro pistolas de calibre 40 ainda não foram recuperadas. (*Com informações da PC)