Centenas de trabalhadores rurais sem-terra invadiram e ocuparam a sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira (30). Os manifestantes protestam, dentre outras reivindicações, do descaso do Governo Federal com a pauta da reforma agrária.
 
"Queremos denunciar que este ministério está a serviço do agronegócio. Esse modelo atual do MAPA é criminoso e está expulsando os camponeses da terra e permitindo a contaminação das plantações e alimentos", disse o diretor estadual do MST, Silvio Netto.
 
Conforme ele, cerca de 700 pessoas estão no local. A Polícia Militar informou que a manifestação acontece de forma pacífica. O invasores devem permanecer no MAPA até quinta-feira (1º), quando seguem para 5º Encontro dos Movimentos Sociais. A expectativa é que o evento reúna cerca de três mil participantes de diversos movimentos sociais na Praça da Assembleia.