Doze homens foram presos na madrugada desta segunda-feira (10) em Ituiutaba, no Triângulo Mineiro, suspeitos de integrar um grupo especializado em roubo e explosões de agências bancárias em Minas Gerais e Goiás.
 
Conforme informação da Polícia Civil, após o bando ter realizado a explosão de caixas eletrônicos em agências financeiras da cidade de Marzagão, há 200 km de Ituiutaba (GO), o grupo seguiu para se esconder em Minas. 
 
Após a identificação dos suspeitos, a polícia montou um cerco para prender os criminosos. Durante a operação, a polícia apreendeu três revólveres calibre 38 e uma pistola israelense 8 milímetros, de uso restrito das Forças Armadas, cartuchos de variados calibres, toucas ninja, drogas e R$ 30 mil em dinheiro. 
 
Quatro carros, que dariam suporte para a fuga dos suspeitos, também foram apreendidos. Entre os veículos estava um que teria sido utilizado na ação criminosa de Marzagão (GO) e outro que foi furtado em Uberlândia, no Triângulo. Uma lancha também foi apreendida pela polícia. Ao todo, 90 policiais – entre civis e militares - participaram da ação. 
 
Segundo o delegado chefe do 9º Departamento de Polícia Civil de Uberlândia, Samuel Barreto de Souza, no grupo há integrantes dos dois estados. Todos os presos estão detidos no presídio de Ituiutaba.