A polícia está à procura de suspeitos que explodiram um caixa eletrônico do Banco Bradesco na madrugada desta segunda-feira (17), em Centralina, no Triângulo Mineiro. Durante o crime, um dos homens foi arremessado para fora da agência.

De acordo com a Polícia Militar da cidade, por volta de 0h00, quatro homens foram vistos entrando no banco, que fica na avenida Afonso Pena, no Centro do município. Em poucos minutos, o quarteto instalou bombas caseiras no equipamento eletrônico. No entanto, o artefato explodiu rapidamente e o forte impacto lançou um dos suspeitos.

Os denunciantes informaram ainda que o homem foi socorrido por comparsas, que fugiram em um carro de cor verde escuro, mas não informaram o modelo.

Segundo os policiais, a correria da fuga foi tanta que os responsáveis pela detonação não levaram nenhum valor em dinheiro, mesmo conseguindo violar o cofre do caixa eletrônico.

O paradeiro dos suspeitos ainda é desconhecido e imagens das câmeras de segurança da agência irão ajudar nas investigações.