O governador Antonio Anastasia assinou, nesta quinta-feira (13), em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, despacho governamental para o início das obras de construção da sede própria do 35º Batalhão da Polícia Militar (PM). Os investimentos serão de cerca de R$ 6 milhões, sendo R$ 5,4 milhões para as obras e o restante para a compra de mobiliário e equipamentos. O objetivo é melhorar o atendimento à população e tentar conter a onda de crimes violentos no município, que foi de 988 em 2013, contra 842 em 2012, aumento de 17,3%, segundo o relatório anual da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds).
 
O empreendimento será erguido em parceria com a prefeitura, que doou o terreno e realizou os serviços de terraplenagem. O novo batalhão será construído em uma área de 23 mil metros quadrados, na avenida Frimisa, no bairro Bagaço. A previsão é que a obra seja entregue no primeiro semestre de 2015. 
 
Atualmente, o 35º BPM conta com 503 militares e atende 11 localidades: Santa Luzia, Jaboticatubas (São José de Almeida), Conceição do Mato Dentro, Congonhas do Norte, Dom Joaquim, Morro do Pilar, Santana do Riacho (Cardeal Mota), Santo Antônio do Rio Abaixo e São Sebastião do Rio Preto. 
 
Para o governador, o aumento da criminalidade em Minas Gerais está diretamente relacionado o tráfico de drogas. “Mais de 80% das ocorrências de crimes estão relacionados a droga, guerra entre gangues rivais e até o roubo e furto de carros e casas para a compra de entorpecentes”, disse destacando que a ações de curto prazo para reduzir esse quadro no Estado inclui o aumento do efetivo, disponibilização de mais viaturas, trabalhos de prevenção nas escolas e uma mudança na legislação penal. 
 
Além da sede do 35º Batalhão, o prefeito de Santa Luzia, Carlos Calixto, anunciou também o inicío das obras para a construção da estação do BRT/Move, São Benedito e a implantação de duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) no municipío, uma no bairro Bom Destino e a outra a ser definida. “As obras de terraplanagem para o BRT já foram iniciadas. Em março a estação provisória que estamos fazendo estará funcionando na avenida Senhor do Bonfim. Em relação as UBS temos o terreno e apenas precisamos readequá-los para o inicio das obras”, garantiu.