Um concurso público para a carreira de investigador da Polícia Civil (PC) será aberto pela corporação. A informação foi divulgada pela assessoria da PC na tarde desta quarta-feira (12).
 
Por meio de nota, foi esclarecido que o governador Antonio Anastasia autorizou o preenchimento de 1.000 vagas e que a instituição dará início imediato aos procedimentos para a publicação do edital com as regras do concurso. “Esses novos policiais civis serão de fundamental importância para reforçar ainda mais o trabalho de investigação de Polícia Judiciária, garantindo maior agilidade na elucidação de crimes, resultando na melhoria da segurança pública de nosso Estado e no aumento da sensação subjetiva de segurança dos mineiros”, afirmou o governador.
 
Em março de 2013, a PC já havia dado posse à maior turma de delegados da história da instituição. Com os 420 profissionais formados pela Acadepol, pela primeira vez na história de Minas todas as comarcas passaram a contar com um delegado. Ainda em 2013, 125 novos escrivães ingressaram na Polícia Civil, também por meio de concurso público.
 
A partir de abril deste ano, 121 médicos legistas e 95 peritos criminais tomarão posse na instituição, que já admitiu 1.281 servidores administrativos para reforçar o trabalho nos órgãos e demais unidades policiais, com benefício direto ao processo de investigação de Polícia Judiciária.  (*Com informações da PC)