Uma quadrilha acusada de roubar uma casa lotéria com uma arma de brinquedo, em Centralina, no Triângulo Mineiro, foi presa pela polícia. Os homens teriam roubado mais de mil reais no estabelecimento, na última terça-feira (7), além de ter agredido uma pessoa e roubado um celular.

A polícia foi acionada depois de denúncia de que dois homens armados, que estavam em uma moto CB 300 de cor vermelha, invadiram a lotérica e renderam o funcionário do estabelecimento para roubar o caixa. Quando deixavam o local, após o assalto, um dos suspeitos deu um tapa em uma das vítima e levou seu celular.
 
Com as características dos suspeitos, a polícia iniciou rastreamento na região e localizou um dos autores em um hotel da cidade. Quando o homem percebeu a presença dos militares, tentou fugir, mas foi preso pulando a janela.
 
No quarto do hotel, a polícia apreendeu a arma de brinquedo usada do crime, além de uma bucha de maconha, dinheiro e um canivete. O suspeito foi ouvido pelos militares e contou que estava esperando um comparsa que havia saido para buscar roupas para a dupla fugir. O segundo suspeito foi preso em flagrante quando entrou no hotel. Eles revelaram que ganhariam uma parcela do dinheiro pelo crime.
 
Além disso, os homens informaram que um terceiro autor que faria parte da quadrilha estava no bairro São Januário. Com este suspeito, a polícia apreendeu outra parte do dinheiro roubado e a chave da moto usada no crime.
 
Eles contaram que a moto estava na casa de um quarto homem. A polícia então seguiu para o local e encontrou veículo coberto para uma manta de tecido. Com o suspeito a PM encontrou dinheiro, celular e cocaína.
 
Os quatro foram presos e levados, juntamente com a moto, para a delegacia de Ituiutaba.