Um empresário de Rio Pardo de Minas, no Norte do Estado, está oferecendo R$ 50 mil para quem passar pista correta sobre o desaparecimento de Emily Ferrari. A menina, de 8 anos, sumiu no mesmo município, no dia 4 de maio deste ano. A informação foi passada pelo advogado da família materna de Emily, Diogo Emanuel Domingos.
 
De acordo com o defensor, o empresário o procurou pessoalmente para fazer a oferta, mas prefere não se identificar. "Ele me disse que resolveu oferecer os R$ 50 mil na tentativa de ajudar no caso, mesmo não sendo próximo à família da menina. Além disso, fixou esse valor porque, anteriormente, chegamos a oferecer R$ 5 mil, mas não tivemos retorno algum".
 
Segundo o advogado, quem tiver pistas sobre Emily, deve ligar para o número 0800 2828 197, da Delegacia de Pessoas Desaparecidas de Minas Gerais. A oferta da recompensa ocorreu há mais de dez dias e foi divulgada por Domingos em redes sociais. Só no Facebook, por exemplo, o post já teve quase mais de 70 “curtidas” e 500 compartilhamentos.
 
A iniciativa do empresário foi vista por Domingos como uma boa tentativa de desvendar o desaparecimento da criança. Porém, para a delegada responsável pelo caso, Cristina Coeli, a recompensa pode atrapalhar as investigações.
 
Por meio da assessoria de imprensa da Polícia Civil, a policial fez questão de esclarecer que os R$ 50 mil oferecidos não tem nenhuma relação com a corporação para qual ela trabalha.
 
Entenda o caso
 
Emily, que tem Transtorno de Déficit de Atenção (T.D.H.), desapareceu na frente de casa, no dia 4 de maio deste ano, por volta das 17 horas, na avenida Padre Eurácio Giraldi, no bairro Cidade Alta, em Rio Pardo de Minas, no Norte do Estado. Ela foi vista pela última vez brincando na frente da residência e segurando uma boneca. A polícia tem pistas de que um carro preto passou pelo local no horário do sumiço da criança.