Dois jovens de classe média foram presos por prática de tráfico de drogas sintéticas na tarde desta terça-feira (15), no bairro Nova Cintra, na região Oeste de Belo Horizonte. Bernardo, de 18 anos, e Guilherme, de 21, foram detidos em casa, após serem alvo de denúncia anônima.
 
De acordo com o cabo Lemos Junior da 7ª Companhia do 5º Batalhão da Polícia Militar, depois de buscas nas residências dos dois jovens, foram apreendidos 423 comprimidos de ecstasy no quarto de Guilherme e R$ 183 e duas balanças de precisão no de Bernardo. 
 
Ao serem questionados sobre a origem dos entorpecentes recolhidos, Guilherme negou ser o dono dos comprimidos e alegou que apenas estava guardando o material para Bernardo. No entanto, conforme Junior, o denunciante afirmou que os dois vendiam os entorpecentes em festas e bares da capital mineira.
 
Os detidos, em que Bernardo já tinha passagens pela polícia por uso de drogas e furto, foram encaminhados à 36ª Delegacia de Polícia Civil da região do Barreiro.