Dezessete motoristas foram flagrados dirigindo embriagados pelas rodovias de Minas Gerais que são fiscalizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre sexta-feira (13) e domingo (15). Destes, um foi preso e irá responder processo criminal, podendo ser condenado a uma pena que varia de seis meses a três anos de detenção.
 
Conforme a PRF, durante o período, 207 testes do bafômetro foram realizados. A PRF informou que a fiscalização visa combater a embriaguez ao volante e, com isso, contribuir para a diminuição de acidentes com mortes no trânsito.
 
Todas as pessoas detidas foram multadas em R$1.915,40, tiveram as carteiras nacional de habilitação apreendidas e podem ficar sem conduzir veículos por até um ano. Se o motorista voltar a ser flagrado no período de um ano, a multa poderá ser de até R$ 3.830.
 
Em Muriaé, na Zona da Mata Mineira, por exemplo, o motorista de um Fox fiu preso após bater em outro veículo na altura do quilômetro 265 da BR-116, na noite de domingo (15). O condutor realizou o teste do bafômetro e ficou comprovado que ele havia bebida alcoólica. Ele foi encaminhado à delegacia de polícia civil da cidade.