O morador de rua Geraldo Assis da Silva, de 44 anos, que teve 25% do corpo queimado depois de ser atacado por dois rapazes no último dia 4 deste mês, em Ipaba, no Vale do Aço, morreu na madrugada desta quarta-feira (21).  De acordo com informações da assessoria do Hospital Márcio Cunha (HMC), onde ele estava internado, Silva enfrentava complicações decorrentes da queimadura e não resistiu a uma parada cardíaca, sofrida por volta das 3h30. 
 
Gê, como era conhecido, estava na esquina das ruas Manoel Machado Franco com Omar Coutinho, no Centro. Pelas imagens da câmera de uma loja, foi possível ver dois rapazes encapuzados abordando o morador de rua, que recebe um pontapé, cai e sai do ângulo de visão. Depois, ele reaparece correndo e gritando por socorro.
 
Ele foi levado para o posto de saúde de Ipaba com queimaduras na cabeça, rosto e peito e acabou transferido para o Hospital Municipal de Ipatinga. Os agressores foram foram identificados como dois adolescentes, de 14 e 17 anos. Eles estão foragidos.