Taxistas que trabalham com o serviço de lotação também fazem uma manifestação neste sábado (22) em Belo Horizonte. Os pelo menos 40 motoristas, que primeiramente se reuniram na Praça da Bandeira, no bairro Mangabeiras, na região Centro-Sul da capital mineira, levaram o protesto até a avenida Afonso Pena, onde o cruzamento com a avenida Amazonas já havia sido fechado por participantes de outro ato, o "O GIGANTE ACORDOU ! - BELO HORIZONTE". A intenção é fazer uma aglomeração em frente à Prefeitura de Belo Horizonte.
 
O objetivo dos taxistas é propor a redução da tarifa do táxi lotação de R$ 3,10 para R$ 2,80. Os condutores querem ter como competir com os ônibus. "Não queremos perder a caraterística de transporte coletivo, queremos prestar um serviço igualitário. Mas, para isso, além da redução das tarifas, desejamos a implantação do bilhete eletrônico, onde os usuários poderão utilizar o cartão Bhbus", disse um dos representantes da manifestação, Antônio Carlos Sena, de 48 anos.
 
A manifestação dos taxistas é acompanhada de perto pela Guarda Municipal.
 
Também há possibilidade dos motoristas aderirem ao movimento que ocorre na Praça 7.
 
Atualmente, 126 taxistas trabalham com o serviço de lotação, sendo que, 26 circulam na avenida do Contorno e os demais na avenida Afonso Pena. A categoria já conseguiu agendar uma reunião com a Bhtrans para o próximo de dia 27 para expor as suas reinvindicações.