Conteúdo de inteira responsabilidade da CASACOR

Aberta ao público desde 14 setembro, a CASACOR Minas se consolida mais uma vez como a maior mostra do Estado, atraindo milhares de visitantes a cada edição. A seleção de profissionais deste ano inclui um vasto time formado por veteranos, além de jovens talentos da arquitetura, do design e do paisagismo.

São, ao todo, 71 profissionais, que assinam a produção de 47 ambientes inspirados no tema “A Casa Original”. Um dos destaques deste ano é a grande adesão de profissionais do interior do Estado, representando cidades como Bom Despacho, Carangola, Divinópolis, Itaúna, Governador Valadares, Mariana, Morada Nova, Muriaé e Pará de Minas.

Como a maior parte dos ambientes fica nas áreas externas do palácio, houve um investimento significativo tanto na arquitetura como no paisagismo, permitindo a apresentação de técnicas construtivas inovadoras como o sistema apresentado pelo grupo Lafaete e pela Smart Home, que permite construções modulares sustentáveis como o Home Office, da Ø Arquitetos, ou a cabana da Liga Arquitetura, criada em parceria com a Soluções Usiminas, que fica pronta em apenas 20 dias.

Outro ponto de destaque desta edição é a parceria com o Sebrae, que possibilita a participação de empresas integrantes do Polo Moveleiro como Amplio Móveis, Faruk, Santa Cecília, Rarus Marcenaria, além de pequenos produtores do programa Origem Minas, destinado a alavancar os setores de gastronomia e artesanato/arte popular.

Outra novidade desta edição é que a CASACOR Minas lançou, com patrocínio da Codemge e parceria da equipe da Novus 3D, um passeio virtual pelo Palácio das Mangabeiras mostrando como ele era na época de sua inauguração, em 1955. A visita foi desenvolvida a partir de um extenso levantamento histórico, resgatando imagens e dados do projeto original. Essa edição também dá muita ênfase ao paisagismo, uma vez que a maior parte dos ambientes está nas áreas abertas do Palácio das Mangabeiras.

Nãna Guimarães retornou à mostra para continuar o processo de restauro dos jardins assinados por Burle Marx, e Droysen Tomich assumiu junto com a equipe da Duo Arquitetos, o desafio de restaurar a fonte original do Palácio, também de Burle Marx. 
A arte é uma presença constante nos ambientes da mostra.

Além do espaço Casa com Arte, de Patrícia Hermanny, em homenagem ao artista Israel Kislansky, considerado um dos maiores escultores brasileiros, esta edição conta com a participação de importantes galerias como Murilo Castro e Orlando Lemos, além de ocupações temporárias na Mini-Galeria CASACOR, que vem recebendo uma série de exposições itinerantes.

Já passaram por lá a exposição “Diana Noite - A Deusa da Independência Feminina”, apresentada pela Brizola Arte; “Mundos”, organizada pela Murilo Castro Galeria, reunindo trabalhos da artista Juliana Gontijo; Coletivo Libertas com uma exposição reunindo diversos artistas independentes e INHOTIM com a exposição “Múltiplos”.

Durante esta última semana, o público poderá conferir uma exposição com trabalhos do Grupo Giramundo, organizada pela Galeria da Cemig. Soma-se à tudo isso as intervenções criativas assinadas por Gustavo Greco, Leca Novo e José Lourenço, além da Galeria Abreu, um espaço inteiramente dedicado à apreciação da arte. 
 
No segmento de tecnologia, a CASACOR Minas apresenta inúmeras novidades, por meio da participação de empresas como Tecai, Braza Fibra, JLX Telecom, Live Automação, ZK Teco e Templuz. O ambiente Gourmet dos Sentidos Deca, de Sérgio Viana, é um dos espaços que se destacam pelo uso inteligente da tecnologia e pelas soluções arquitetônicas arrojadas.

A cada ano, a sustentabilidade ganha ainda mais destaque na mostra. Nesta edição, além da geração de toda a energia consumida no evento, por meio de placas fotovoltaicas fornecidas pela Optpower, diversos projetos exploram o tema. 

Já no segmento de mobiliário, destaque para os lançamentos do setor promovidos por praticamente todas as empresas que participam desta edição, com destaque para Casa Lyz, Deck Home, Hogar, Líder Interiores, Marelli, Micheliny Martins, Prima Linea, Softplace Mobiliário Corporativo, Studio 31 Mobiliário, Studio Linda Martins e Voktum. Desta forma, além de levar inspiração para as pessoas, a mostra possibilita a geração de negócios e o desenvolvimento do setor moveleiro no estado. Por este motivo, a Somattos, que comemora 45 anos de fundação escolheu comemorar tornando-se a construtora oficial da mostra.

A CASACOR Minas segue até 31 de outubro, no Palácio das Mangabeiras (Praça Ephigênio de Salles, 01, Mangabeiras). Os ingressos podem ser adquiridos no site da mostra ou na bilheteria do local, que tem projeto assinado por Andrea Pinto Coelho.