Impecável. Resumo para a noite que marcou a abertura oficial da 17ª edição do Minas Trend (MW), na última segunda-feira, no Expominas, em Belo Horizonte. Inspirado na “A Força de Quem Faz”, tema da temporada do principal salão de negócios de moda do país, o evento reafirmou Minas Gerais no topo do cenário fashion nacional. A ideia de Paulo Martinez, stylist que assinou o desfile de abertura, foi uma apresentação minimalista para uma moda democrática, onde tudo é cabível nas passarelas ficando a critério do espectador escolher o que melhor se adapta ao seu estilo.

Com peças selecionadas das grifes participantes da feira, Martinez abusou das texturas, dos bordados e das rendas para garantir os volumes necessários às produções predominantemente brancas. Aliás, a cor foi o fio condutor de toda a apresentação e, em alguns momentos, ganhou a interferência do vermelho e do preto, explicado pela influencia do Japão no conceito do desfile.

Com perfeição, a identidade da moda mineira estava impressa no valioso trabalho artesanal sempre em destaque. Uma roupa para se admirar principalmente pelo contraste da leveza da cor e delicadeza dos materiais com a firmeza e precisão das modelagens. Neste aspecto, predomínio dos comprimentos mídi que evoluíram para os longos. Linhas retas, ajustadas ao corpo, dividiram espaço com saias godês de cintura bem marcada. Sobreposições também estiveram presentes e confirmaram a tendência dos vestidos usados sobre calças, além do efeito em camadas. Por outro lado, tecidos fluidos, plissados e a imagem de uma mulher lânguida, ninfa. Acessórios em tamanho máxi adornaram e arremataram a produção em grande estilo.

A beleza impactante de Rick dos Anjos mostrou máscaras, bocas marcadas e até uma sobrancelha falsa. Imagem forte, acompanhada ainda de arranjos extravagantes e mesclada a cabelos lisos e sem volume. De nada adiantaria se não houvesse um casting incrível para carregar toda essa proposta. Nomes como Daiane Conterato, Mahany Pery, Mariana Coldebella abrilhantaram a noite. Ao fechar a apresentação, toda embalada pelo coral Cantos de Minas, a top Mariane Calazan deixou a plateia ansiosa pelo próximo inverno.