O Cruzeiro cumpriu sua promessa. Despediu do Mineirão em 2015 em grande estilo. Com gols de Willian, Charles e Alisson, o time celeste não teve dificuldades em golear o Joinville por 3 a 0 na tarde deste domingo (29).
 
Com o placar, a equipe estrelada alcançou uma invencibilidade de 13 partidas sem perder no Campeonato Brasileiro e ultrapassou a atingida pelo time bicampeão brasileiro em 2013 e 2014. Essa é a maior marcar conquistada pela Raposa desde o início da era dos pontos corridos.
 
A vitória manteve o Cruzeiro na oitava colocação, com 55 pontos. A despedida no temporada agora será no próximo domingo, quando os comandados de Mano Menezes encaram o Internacional, no Beira-Rio.
 
Mesmo sem almejar mais nada no Brasileirão, o torcedor estrelado saiu do Mineirão com a sensação de dias melhores em 2016. Após uma temporada marcada por maus resultados, o time azul se encontrou desde a chegada do técnico Mano Menezes.
 
Nos bastidores, a diretoria trabalha para reforçar a equipe para não repetir os erros de 2015. No campo, foi uma partida dominada pelos donos da campo. Já rebaixado, o Joinville se preocupava apenas em defender e montou uma forte retranca.
 
Por outro lado, o Cruzeiro insistia, principalmente com seu trio de ataque, formado por Marcos Vinícius, Alisson e Willian. E foi o “Bigode” o responsável em abrir o marcador para a Raposa, em bela jogada individual.
 
Com o gol, Willian igualou a Ricardo Goulart e se tornou o maior artilheiro do novo Mineirão com 22 gols.
 
Cinco minutos depois de abrir o placar, a Raposa chegou ao segundo com Charles - que havia entrado no lugar de Henrique. O volante acertou um belo chute de fora da área, sem chances para o goleiro.
 
O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro, com o Cruzeiro dominando o adversário. De tanto insistir, a Raposa chegou ao terceiro gol com Alisson, aos 19 do segundo tempo.