A boa performance no compromisso contra o Atlético-PR, no último sábado (4), atuando como um ponta agradou o uruguaio Arrascaeta. Acostumado a jogar centralizado, o camisa 10 vive uma realidade diferente com a chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo. Se depender do jogador, a nova posição será seguida com muito gosto.
 
“Por fora a gente consegue mais espaços, ter mais chance de armar jogadas, mas, por algumas partidas, vou mais pelo meio, que não tem tanto espaço e tem muita pressão”, disse o uruguaio.
 
Arrascaeta chamou a atenção do Cruzeiro jogando justamente pelo ponta. Na ocasião, foi na vitória do Defensor por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Uruguai, pela Libertadores do ano passado. No entanto, segundo o jogador, pelo Defensor, ele também costumava a jogar mais pelo meio.
 
“Em quase todo ano joguei pelo meio. No Uruguai também jogava centralizado, mas em só algumas partidas joguei pelas pontas, só contra o Cruzeiro lá no Uruguai, mas, na maioria jogava pelo meio”, destacou.