O clima anda nebuloso pelos lados da Toca da Raposa. Insatisfeito com as três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, o técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, não aliviou para os jogadores durante o treinamento desta sexta-feira (3). O treinador se reuniu com os seus comandados no vestiário e, aos berros, fez cobranças duras aos seus comandados. Era possível escutar a sonora dura da sala de imprensa.

"Cobrei duro dos meus jogadores. No futebol, a cobrança existe e o palavrão, até porque eu falo muito, sai. De vez em quando, sai um c***, não tem jeito cara. É a questão do futebol. Eu não vou pedir jogador "por favor" nunca, vai ser esporro mesmo, como vocês devem ser", disse.

"Foi uma conversa com respeito e cobrando o que todo torcedor cobra, que é uma reação da equipe. O Cruzeiro vai sair dessas três derrotas e vai buscar aquilo que tem como planejamento", acrescentou.

Segundo o comandante, as conversas desse tipo são comuns no futebol. O Cruzeiro vive um período difícil no Brasileirão. O time ocupa a modesta 14ª colocação com apenas dez pontos. "Reunião entre comissão técnica e jogadores acontece há bastante tempo. Há muito tempo acontece. Esse é o nosso espaço de trabalho. Aqui a gente tem o direito de trabalhar. Fica ruim porque senão eu não posso falar no vestiário, porque os jornalistas gravam a conversa. São espaços que têm que ser respeitados. Para que não seja criada nenhuma área de atrito, até porque a gente não vai lá tentar descobrir o que aconteceu. Agora tentar gravar uma situação eu não acho muito legal", concluiu

DÚVIDAS

Para o jogo contra o Atlético-PR neste sábado (4), às 21, no Mineirão, Luxemburgo ainda não definiu a equipe que entrará em campo. Ele não poderá com os atacantes Leandro Damião e Willian, suspensos. Marcos Vinícius, Allano e Henrique Dourado são cotados para substituir os titulares. Apresentado nessa sexta-feira como novo reforço do clube, Marinho foi relacionado e também poderá estrear.

“Tenho prazo para caminhar mais, mas tem uma coisa direcionada na minha cabeça, com certeza”, disse o treinador. “A mudança na escalação é em função dos jogadores que não poderão atuar”, complementou.

A novidade será a volta do volante Henrique, que cumpriu suspensão automática na derrota para o Grêmio, na última quinta-feira. Ele deverá formar a dupla com Willians.