As negociações do Cruzeiro com o Santos para acertar a vinda do atacante Leandro Damião, que se arrastam há vários dias, devem evoluir a partir desta segunda-feira (22). Às 20h30, o novo presidente do clube da Baixada Santista toma posse. Só depois que Modesto Roma Júnior, eleito na semana passada para os próximos três anos, assumir de fato a cadeira é que as partes poderão chegar a um entendimento.
 
O Cruzeiro já apresentou a proposta ao Santos, mas alguns detalhes impediram que o contrato fosse finalizado. Com Modesto efetivamente no comando, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, que tinha prometido o anúncio de um jogador para o fim de semana, espera anunciar logo o terceiro reforço para a temporada 2015. O atacante camaronês Joel e o lateral-direito Fabiano foram os primeiros confirmados.
 
Segundo algumas pessoas ligadas ao Peixe, a principal divergência é com relação ao salário do jogador, que estaria em torno de R$ 500 mil. O Cruzeiro queria que o Santos bancasse parte do valor, o que não é aceito pela cúpula do clube. Além disso, o Cruzeiro emprestaria um jogador entre Dagoberto, Pedro Ken e Élber, mas os nomes ainda estão sendo avaliados.
 
Como nem o técnico Enderson Moreira, que também tem uma reunião marcada com Modesto nesta semana, renovou o contrato, a diretoria quer esperar a opinião de Enderson ou do novo treinador do Peixe com relação aos nomes oferecidos.
 
Neste fim de semana, Leandro Damião participou de um jogo entre amigos em São Paulo, mas preferiu não comentar uma possível transferência para a Raposa. “Eu deixo tudo na mão do meu empresário para poder negociar e ter tranquilidade. Quando eu saí do Inter foi assim. Estou tranquilo, espero ajudar o máximo possível o meu empresário e curtir as férias”.
 
Depois de ter sido apontado como um dos mais promissores centroavantes do país, Leandro Damião não vive bom momento. Neste ano, passou boa parte no banco de reservas e no departamento médico. “Espero voltar a ser o Damião de sempre, mas, para isso, tenho de estar jogando”, afirma.