O Cruzeiro conquistou um excelente resultado diante da Universidad de Chile, vitória por 2 a 0, e se manteve vivo na briga por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. Os três pontos encheram de confiança os jogadores e também a China Azul, que foi ao Aeroporto de Confins receber o time de braços abertos. Com a classificação encaminhada, o time estrelado agora volta suas atenções para a decisão do Campeonato Mineiro, domingo (6) contra o Atlético.

Com a chegada no começo da manhã desta sexta-feira, o time azul foi recepcionado por cerca de 50 torcedores. O resultado faz com que os cruzeirenses dependam apenas do próprio esforço diante do Real Garcilaso na próxima quarta-feira (9), às 22 horas no Mineirão.

"Os jogadores brigaram, mostraram que os tropeços que tivemos foi uma coisa que poderia acontecer com qualquer clubes mas estamos determinados de que precisamos passar de fase e vamos procurar vencer o título da Libertadores, porque é o nosso grande objetivo. Jogaram com brio e inteligência, com vontade e tiveram a competência de vencer", disse o presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares.

Para Everton Ribeiro, que fez uma boa partida em Santiago, o momento é de deixar a euforia de lado, mas aproveitar o bom clima para as próximas decisões.

"O clima continua o mesmo, muito bom, temos que fazer o máximo em casa para conseguir a classificação. Mais um jogo difícil, um torneio completamente diferente agora (Mineiro), temos três decisões pela frente agora e temos que fazer bons jogos para conseguir nossos objetivos", analisou.

Após o desembarque, o elenco foi diretamente para a Toca da Raposa II fazer um trabalho regenerativo. A concentração começa já nesta sexta a partir das 23 horas, visando o clássico de domingo.

(*)Com Alberto Ribeiro - Hoje em Dia