O rendimento de Mansur, juntamente com a segunda lesão do jogador, fizeram o Atlético se atentar ao mercado na busca por um lateral-esquerdo reserva, capaz de suprir as futuras ausências de Douglas Santos. Um dos nomes cogitados foi de Bryan, reserva da equipe do América.

O jogador de 23 anos, revelado no Coelho, voltou a aparecer com o golaço marcado no último clássico contra o Cruzeiro. Foi titular no empate em 1 a 1 contra o Galo, pela Liga Sul-Minas-Rio. Ele está em processo de renovação com o América, pois o atual vínculo vencerá em agosto e, conforme determina a Fifa, Bryan já pode assinar pré-contrato com qualquer equipe.

O futebol do jogador é do agrado do diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf. Entretanto, um dos nove presidentes do América, Alencar da Silveira Jr., disse que o atleta e o clube alviverde devem chegar ao denominador comum. Além disso, descartou a ida de Bryan ao Galo, após conversar com o colega Daniel Nepomuceno.

"Ainda sem novidades. A negociação segue, acho que iremos chegar (a um consenso). Ele quer ficar. Precisamos fechar valores. Não há chance de ele ir para o Atlético, falei com o Nepomuceno (presidente do Atlético)", disse Alencar, ao Hoje em Dia.

Além de um lateral-esquerdo, o Atlético ainda busca mais dois reforços visando o segundo semestre de 2016 e as fases finais da Libertadores, se lá chegar. Um zagueiro e um atacante para ser reserva de Lucas Pratto.