Há quatro anos, o América superava o Democrata-GV por 2 a 1, no Independência, no então último embate entre os clubes. No próximo domingo (30), contra o mesmo adversário e no mesmo estádio, às 19h, o Coelho terá a chance de sair vitorioso novamente, se reerguer após a derrota por 2 a 1 para a Caldense e aumentar a confiança neste período que antecede sua estreia na Libertadores, marcada para o dia 23 de fevereiro, diante do Guaraní, do Paraguai, no Horto. 

Sob o comando de Marquinhos Santos, o time que disputará a segunda rodada do Campeonato Mineiro deverá ser composto por uma mescla entre jogadores experientes e da base, como foi na estreia. 

Depois da derrota para a Caldense, na quarta-feira (26), o Coelho seguiu sua rotina de treinos fechados no CT Lanna Drumond. O treinador solicitou que informações sobre os trabalhos não fossem repassadas aos jornalistas. 

Já o Democrata chega para este duelo, depois de empatar com o Patrocinense por 1 a 1.

América

Leia mais:América usa os reservas e é derrotado pela Caldense no primeiro jogo do Campeonato Mineiro