O gol marcado nesta quarta-feira (26), o segundo do Cruzeiro na vitória por 3 a 0 sobre a URT, no Independência, coroou uma performance de alto nível do volante Filipe Machado. Mas só de entrar em campo com a camisa celeste "já valeu o dia" para o atleta, bastante emocionado após balançar as redes e também ao fim do triunfo na estreia do Mineiro.

“Só agradecer a Deus, cara! Ano passado foi muito difícil para mim. Fiquei o ano inteiro sem jogar, só treinando. Mas acredito muito em mim e em Deus. Graças a Ele estou aqui hoje”, afirmou à TV Cruzeiro.

Além de não ter atuado em 2021, o jogador passou por outro drama. “No meio do ano passado, tive Covid e não conseguia respirar direito. Tive que fazer uma cirurgia no pulmão. Só de estar me entregando, me doando e fazendo o que mais amo para mim já é uma vitória”, comentou.

Machado soma 38 partidas e três gols pelo Cruzeiro. A primeira passagem dele se deu em 2020.

Cruzeiro

Leia mais:
Em início da Era SAF, Cruzeiro domina a URT e vence no Independência
'Por ser um primeiro jogo, gostei muito', diz o técnico Pezzolano, sobre estreia do Cruzeiro
Edu celebra estreia pelo Cruzeiro com gol e projeta disputa por posição com Thiago