O goleiro Rafael Cabral e o zagueiro Sidnei, do Cruzeiro, tiveram suas inscrições confirmadas no Boletim Informativo Diário da CBF (BID), nesta quarta-feira (26). No entanto, eles não poderão jogar na estreia da Raposa no Campeonato Mineiro, contra a URT, às 17h, no Independência, pois o regulamento exige que a inscrição seja efetuada até a véspera de uma partida. 

Dessa forma, os atletas poderão ser escalados para o próximo embate da competição, no domingo (30), às 11h, em São João del-Rei, contra o Athletic.

Para o duelo desta quarta, o técnico Paulo Pezzolano também não estará presente na função de treinador, pois seu registro ainda não foi finalizado.

O zagueiro Maicon e o volante Pedro Castro são outros dois reforços do Cruzeiro para esta temporada que ainda não foram incluídos no BID. Porém, eles já não enfrentariam a URT por estarem com Covid-19. Além deles, também testaram positivo o lateral-esquerdo Matheus Pereira e o volante Adriano.

Anunciado pela Raposa, como reforço nesta terça-feira, o lateral-esquerdo Bidu também não está regularizado.

Entre os contratados pela Raposa em 2022, sete poderão enfrentar a URT, na primeira rodada do Campeonato Mineiro: Filipe Machado, João Paulo, Gabriel Dias, Willian Oliveira, Matheus Silva, Edu e Waguininho.

Além dos reforços, Vitor Leque, que teve seus direitos adquiridos pelo Cruzeiro, também já consta no BID.

Nessa segunda-feira (24), com dinheiro emprestado por Ronaldo, o Cruzeiro pagou o transfer ban e pôde iniciar a regularização de novos jogadores.

Leia mais:

China Azul marca presença no Independência para a estreia do Cruzeiro SAF