Lewandowski

Atacante da seleção polonesa e do Bayern, Lewadowski foi eleito o melhor jogador do mundo pela segunda vez

O polonês Robert Lewandowski é, mais uma vez, o melhor jogador do mundo. Assim como havia acontecido em 2020, o atacante do Bayern de Munique foi o vencedor do prêmio The Best, entregue pela Fifa nesta segunda-feira (17).

Lewandowski venceu a disputa com o argentino Lionel Messi, que havia conquistado a Bola de Ouro, concedida pela revista francesa France Football. O trio de finalistas contava ainda com o egípcio Mohamed Salah, do Liverpool.

Melhor jogadora do mundo de 2021
No futebol feminino, a melhor do mundo é a espanhola Alexia Putellas. A jogadora do Barcelona venceu a disputa com a compatriota Jenni Hermoso, também do clube catalão, e com a australiana Sam Kerr, que defende o Chelsea.  

Pelas atuações na última temporada, Alexia Putellas já havia vencido a Bola de Ouro, entregue pela France Football.

Melhores goleiros do mundo
A Fifa indicou também os melhores goleiros do mundo. No masculino, o vencedor foi o senegalês Édouard Mendy, do Chelsea. Na última temporada, ele ajudou o clube inglês a conquistar a Liga dos Campeões da Europa.

Já no feminino, a melhor goleira do mundo foi a chilena Christiane Endler. Depois de passar pelo PSG, ela foi contratada pelo Lyon em junho de 2021.

Melhores treinadores do mundo
Os melhores treinadores do mundo, tanto no masculino quanto no feminino, são do Chelsea. Entre as mulheres, a vencedora foi a inglesa Emma Hayes.

Já no futebol masculino, o eleito como melhor técnico do planeta foi o alemão Thomas Tuchel, que conquistou a última edição da Champions League à frente do time londrino.

Prêmio Puskás
O prêmio Puskás de 2021, dado ao gol mais bonito da temporada, foi vencido pelo argentino Erik Lamela.

Enquanto atuava pelo Tottenham, ele marcou de letra em clássico com o rival Arsenal, após passe do brasileiro Lucas Moura.

Assista ao gol de Lamela no canal da Fifa no YouTube.

Prêmios especiais
A atacante canadense Christine Sinclair recebeu um prêmio especial, entregue pela Fifa por ela ser a maior goleadora do mundo no futebol feminino.

Na categoria Fair Play, o prêmio foi dado à seleção dinamarquesa e ao seu departamento médico. 

Cristiano Ronaldo, por sua vez, foi premiado por ter se tornado o maior artilheiro de seleções na história do futebol.

Seleção do mundo com Marta
A Fifa anunciou também a seleção do mundo na última temporada. Curiosamente, Mohamed Salah, que esteve na lista final do prêmio The Best, não apareceu entre os 11 principais. Eleito o melhor goleiro, Mendy também ficou fora.

Em 2021, o melhor time do mundo, de acordo com a Fifa, seria formado por: Donnarumma; Rubén Dias, Bonucci, Alaba; Jorginho, Kanté, De Bruyne; Lionel Messi, Lewandowski, Haaland e Cristiano Ronaldo.

E no foi apenas no masculino que houve surpresas. A seleção de melhores do ano do futebol feminino não teve nenhuma das três finalistas do The Best. Já a brasileira Marta apareceu no trio de ataque, ao lado da holandesa Vivianne Miedema e da norte-americana Alex Morgan.

Sem Putellas, Kerr e Hermoso, o time ideal contou com: Christiane Endler; Bronze, Renard, Bright e Eriksson; Banini, Lloyd e Bonansea; Miedema, Marta e Morgan.

Leia também:

Massacre com show de Fred marcou duelo entre Cruzeiro e Sergipe, adversários na Copa do Brasil
América divulga que cirurgia do goleiro Cavichioli foi bem-sucedida