Cruzeiro

No dia seguinte ao anúncio da saída do goleiro Fábio do Cruzeiro, os torcedores celestes se mobilizaram para protestar contra a decisão tomada pela diretoria encabeçada por Ronaldo. Após protestos em frente à Toca da Raposa II, membros de organizadas foram à Praça Sete no início da noite desta quinta-feira (6).

Os cruzeirenses gritaram contra Ronaldo e Paulo André, indicado pelo proprietário da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) para conduzir o planejamento de futebol do clube. Em sua carta de despedida, Fábio citou o ex-zagueiro.  

O goleiro alegou que os dirigentes da SAF propuseram sua permanência até o fim do Campeonato Mineiro, o que ele recusou. O agora ex-capitão queria ficar na Raposa até o fim desta temporada, mesmo com redução salarial.

Fábio era goleiro titular do Cruzeiro há 17 anos e é recordista de jogos pelo clube, com 976 apresentações. A nova diretoria vai ao mercado para buscar um substituto.

Leia mais:
Mais um a dizer adeus: Belletti se despede do Cruzeiro
Em rede social, Fábio lembra que despedida de Sóbis e Cabral foi também seu último jogo pela Raposa
Depois de dispensar Fábio, Cruzeiro irá ao mercado procurar substituto para o goleiro