Atlético

Rodrigo Caetano foi contratado pelo Atlético para substituir Alexandre Mattos em janeiro de 2021

No dia 6 de janeiro de 2021, o Atlético anunciava Rodrigo Caetano como diretor de futebol do clube. Um ano depois, após sua gestão colaborar para o "Triplete Alvinegro" e efetuar importantes contratações, o dirigente é hostilizado nas redes sociais pelo fato de o Galo ainda não ter contratado um técnico para a temporada 2022.

Desde que Cuca pediu demissão do clube, alegando motivos familiares, Caetano está em busca de um substituto. Até agora, não obteve sucesso na missão. 

O fim das negociações com o português Jorge Jesus não foi bem recebida por parte dos torcedores. A mais recente recusa teria sido de Carlos Carvalhal. O atual treinador do Braga, em um primeiro momento, havia demonstrado interesse em assumir o Galo, mas recuou nesta quinta-feira (6). 

Faltando apenas 11 dias para o início da pré-temporada do Atlético, o cenário é incerto. Essa incerteza é o motivo que leva os atleticanos às redes sociais para pedir resoluções, questionar o trabalho de Rodrigo Caetano e até xingar o dirigente. Torcedores rivais também fazem provocações.

A hostilização direcionada a ele é uma novidade. Em um ano coordenando os assuntos de futebol, teve a admiração e confiança da torcida. Ficou marcado por trazer jogadores como Diego Costa e Nathan Silva (este, retornando de empréstimo) ao clube, além de desempenhar uma gestão de sucesso, ao lado dos 4Rs.

Leia mais:
Tomate, goleiro do Andirá, 'bomba' nas redes sociais e fará testes no Galo