Em sua primeira entrevista coletiva na Toca II, Paulo Pezzolano deixou claro que sua equipe vai ter uma postura agressiva dentro de campo e que aguarda a chegada de reforços para agregar um elenco que, na visão dele, já tem muita qualidade. E enfatizou que o Cruzeiro vai assumir o protagonismo nas competições que disputar.

"Tem que ser uma equipe para frente, uma equipe ganhadora. Somos os maiores da Segunda Divisão, temos que assumir isso, e no Mineiro. É ir para frente, sempre com pensamento maior que o rival. Com muita intensidade, muito coração e sangue, que é o mais importante no futebol", declarou.

Ele enfatizou ainda que costuma formatar a escalação de acordo com as características dos oponentes. "Gosto de trocar alguma figura dentro de campo, em um sistema de jogo. Gosto de 4-3-3, 4-1-3-2, às vezes com linha de três atrás para dar mais amplitude, 'linha-passe' e jogar mais para frente. Depende do adversário", disse.

Elenco
Pezzolano ressaltou que esteve envolvido na montagem do elenco profissional neste início de Era Ronaldo no Cruzeiro.

"Tivemos participação nisso (montagem do elenco). Foi tudo muito bem conversado, participamos muito disso. Estamos num time muito grande, precisamos assumir a responsabilidade de subir. Temos objetivos a alcançar", comentou.

Além dos elogios ao atual plantel, ele espera por reforços. "Temos bons jogadores e já incorporamos alguns que estão para chegar. Estamos trabalhando com um plantel e aguardando mais alguns. Estamos trabalhando, falando muito com eles (atletas) individualmente para nos conhecermos. Estou muito feliz, gosto de falar pouco e trabalhar muito", disse.

Leia mais:
Vitor Roque testa positivo para Covid-19 e desfalcará Cruzeiro na estreia da Copinha
Após série de polêmicas com o Cruzeiro, Dedé promete ‘dar sangue’ pela Ponte Preta