Mauro Zárate “mudou a cabeça do América”. Foi desta forma que o coordenador de futebol clube-empresa da agremiação, Marcus Salum, definiu a vinda do argentino ao CT Lanna Drumond, em entrevista ao canal "Hora do Coelho" no YouTube. Antes da contratação do atleta, o clube ficava com um “pé atrás” na busca por jogadores estrangeiros. Mas com o bom desempenho do hermano em campo, esse “medo” acabou.

O dirigente, inclusive, admitiu que o Alviverde está atento ao mercado sul-americano. "Hoje temos uma inflação no mercado brasileiro, com valor insuportável. Há muito mais ofertas do mercado sul-americano que do brasileiro, compatível com o nível que você quer. A um jogador de nível alto no Brasil se paga uma fortuna. E (contratar) um de nível médio para alto no mercado sul-americano é factível”, ressaltou.

América

Com relação a Zárate, cujo contrato com o clube mineiro se encerra ao fim deste ano, Salum mostrou otimismo quanto a uma renovação.

"Zárate deu muito certo e foi um dos responsáveis por essa transformação. Ele veio mudar a cabeça do clube. Ele não admitiu hora alguma que o América não iria alcançar tudo que alcançou", disse. "Estamos negociando até hoje, temos boas chances de mantê-lo aqui. Acho que podemos conseguir", completou.

Com a camisa do Coelho, o argentinou disputou 16 partidas, sendo 14 como titular, marcou um gol e deu duas assistências.

Leia mais: