Após o Cruzeiro comunicar, nesta terça-feira (28), a demissão da comissão técnica, o treinador Vanderlei Luxemburgo veio a público, por meio das redes sociais, se despedir da Nação Azul. Ele afirmou que aceita a decisão da nova gestão, mas admite estar triste.

“Acabei de ser comunicado que não continuo para a próxima temporada. Recebo com muita tristeza, porque não era uma coisa que eu queria, mas aceitaria qualquer decisão que fosse tomada pela nova gestão do Cruzeiro”, disse.

Luxemburgo está no Cruzeiro desde agosto de 2021 e, em novembro, teve seu contrato renovado até o fim de 2022. O técnico já havia se manifestado sobre a vontade de permanecer e encerrar sua carreira no time. No entanto, a Raposa se tornou SAF, e ele não estava no plano da nova direção.

No vídeo postado nesta tarde, Luxa se despediu dos torcedores e da imprensa mineira: “Quero agradecer ao torcedor cruzeirense pelo apoio e o manifesto de carinho que teve comigo sempre na minha mídia social, e à imprensa, que sempre me tratou muito bem em Minas Gerais. Foi muito bom ter voltado ao Cruzeiro e a Minas Gerais. E desejo sorte ao Cruzeiro na próxima temporada, que consiga o objetivo e com certeza vou estar torcendo”.

Ele também aproveitou a ocasião para desejar um “feliz ano novo”. "Já aproveitando, quero desejar um feliz ano novo para todo o torcedor cruzeirense, para todo o povo brasileiro em geral e para o mundo. Que o próximo ano possa ser de muito mais tranquilidade, muita paz, que esta doença (Covid-19) acabe de vez, que consigam uma solução para isso, que as coisas possam melhorar para cada um de nós”, comentou.

Veja o vídeo:

Leia mais:

Cruzeiro dispensa Vanderlei Luxemburgo e técnico não vai comandar equipe em 2022