As suposições a respeito da saída de Jorge Jesus do Benfica foram confirmadas nesta terça-feira (28). Em nota, o clube português informou que, em comum acordo entre as partes, o treinador não faz mais parte da equipe. Com a saída de Cuca do Atlético, o Mister é um dos profissionais mais citados pelos atleticanos para assumir o time alvinegro em 2022.

Jorge Jesus estava em sua segunda passagem pelo Benfica, desde agosto de 2020. A primeira foi entre 2009 e 2015. 

De acordo com o comunicado feito pelo clube, Nelson Alexandre da Silva Veríssimo assumirá as funções de treinador até o fim da temporada europeia. 

A rescisão de Jesus coincide com a partida de Cuca do Atlético, na madrugada desta terça-feira (28), por questões familiares não reveladas. 

Com isso, o nome do treinador português é indicado como uma das principais possibilidades de contratação pelo clube alvinegro.

Passagem pelo Flamengo

No Brasil, Jorge Jesus foi técnico do Flamengo entre 2019 e 2020, quando conquistou Libertadores, Campeonato Brasileiro e Supercopa. 

Após a saída de Renato Gaúcho, antes mesmo do fim do Campeonato Brasileiro de 2021, o Rubro-Negro tentou o retorno de Jorge Jesus, mas não obteve sucesso nas tratativas. 

Sem ele, o escolhido foi o também português Paulo Sousa, que comandava a seleção da Polônia. 

Agora livre no mercado, Jorge Jesus se torna alvo da diretoria do Atlético.

Leia Mais:
Atlético confirma a saída de Cuca, lamenta e deseja sucesso em suas questões familiares