Atlético

Diego Costa se lesionou no início do jogo de ida da final da Copa do Brasil, diante do Athletico-PR

A participação de Diego Costa no primeiro jogo da final da Copa do Brasil durou apenas 12 minutos. Com dor na coxa direita, ele foi substituído por Eduardo Vargas logo no começo da vitória do Atlético sobre o Athletico-PR, por 4 a 0, neste domingo (12), no Mineirão.

O camisa 19 será reavaliado pelo departamento médico do Galo nesta segunda-feira (13). Por enquanto, sua presença na partida de volta contra o Furacão, na quarta-feira (15), em Curitiba, ainda é incerta.

Caso ele não possa jogar, o mais provável é que Vargas forme trio de ataque com Hulk e Keno. Neste domingo, o chileno foi o autor do terceiro e do quarto gols do time alvinegro, após Hulk abrir o placar, e Keno ampliar a vantagem.

Ao deixar o gramado no Gigante da Pampulha, Diego Costa deu tchau à torcida. Depois da confirmação do título do Campeonato Brasileiro, ele já havia deixado em dúvida sua permanência no Atlético para a próxima temporada.

Leia mais:
Mão na taça: Atlético goleia o Athletico-PR e fica perto de ser bicampeão da Copa do Brasil