No meio dos milhares de atleticanos que compareceram ao Mineirão na tarde deste domingo (12), para o duelo de ida da final da Copa do Brasil, diante do Athetico-PR, às 17h, um deles levava consigo um amuleto inseparável.

Trata-se do empresário Bruno Eduardo de Matos, de 43 anos, que carrega, há 15 anos, uma bandeira de Minas Gerais no ombro em jogos do Galo.

Da Série B do Brasileirão, em 2006, passando pela conquista da Taça Libertadores em 2013, e agora pelo Brasileirão, Bruno e seu estandarte da terra das alterosas acompanharam o Alvinegro em inúmeros momentos marcantes.

“Essa bandeira já viu coisa demais. Desde 2006, de festival de músicas aos jogos dos títulos do Galo. Está sempre comigo, é Minas e o Atlético”.

Sem relaxamento

Com a possibilidade de deixar Minas mais uma vez no topo do futebol brasileiro, o empresário descarta qualquer tipo de relaxamento, após a conquista do Brasileirão.

“Para o atleticano não tem relaxamento. Vai ser sofrido, como sempre foi, espero que os jogadores joguem com raça e com vontade. O Galo é o melhor time do Brasil. Aposto em 2 a 1 para o Galo, apertado, com gols de Hulk e Guilherme Arana”, completou.

Por fim, apesar de acreditar em um triunfo com apenas um gol de margem, Bruno mostra muito otimismo para levar o bicampeonato da Copa do Brasil.

“A torcida quer mais, merece. Queremos o título, é ganhar hoje aqui e ir para o Paraná só levantar a taça”.

O jogo de volta da final da Copa do Brasil será realizado na próxima quarta, às 21h30, na Arena da Baixada.