O sonho se tornou realidade. O dia 9 de dezembro de 2021 vai ficar marcado para sempre na memória do torcedor do América. A vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, no Independência, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, classificou o Coelho para a Copa Libertadores pela primeira vez em sua história.

É a redenção para um torcedor que vive o auge dos 109 anos de trajetória do clube alviverde.

Coube a Ademir, que fez seu último jogo pelo América – vai jogar no Atlético em 2022 – fazer os dois gols, em um intervalo de menos de cinco minutos no segundo tempo, que selaram a ida do time comandado pelo técnico Marquinhos Santos para o principal torneio do continente.

Um prêmio para o melhor jogador do Coelho no Brasileirão. Mesmo acertado há vários meses com o Alvinegro para a próxima temporada, o Fumacinha não deixou o rendimento em campo cair. Pelo contrário, assumiu o protagonismo da equipe, terminando a disputa com 14 gols e como um dos melhores atacantes da competição.

Menção honrosa também a Juninho, ídolo e comandante do meio-campo alviverde. Com a dedicação de sempre, participou diretamente nos dois tentos da noite.

Posição final

Com o triunfo na derradeira partida da Série A, o América encerra a participação na Série A com 53 pontos, na oitava colocação.

O São Paulo, que chegou com chances remotas de classificação à Libertadores, terminou a disputa na 14ª posição, com 48 pontos.

Vale lembrar que o América agora terá que superar duas fases classificatórias para chegar a fase de grupos da Libertadores.

Entretanto, tal informação pouco importa para o torcedor do Coelho nesta noite.

Para o americano, que em um 2007 não tão longínquo assim, viu o time rebaixado no Campeonato Mineiro e fora de qualquer divisão do Brasileirão, 2021 é a redenção. Nada de Série B, ano que vem o  América vai jogar a Libertadores!

FICHA DO JOGO

AMÉRICA 2 X 0 SÃO PAULO

AMÉRICA

Matheus Cavichioli; Patric, Ricardo Silva, Eduardo Bauermann e João Paulo (Alan Ruschel); Zé Ricardo (Juninho Valoura), Juninho Alê (Ricardo Silva); Ademir, Zárate (Marcelo Toscano) e Felipe Azevedo (Fabrício Daniel)

Técnico: Marquinhos Santos

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Diego (Marquinhos), Bruno Alves e Léo; Igor Vinícius, Gabriel Neves, Igor Gomes e Reinaldo (Wellington); Juan (Vitor Bueno), Rigoni e Calleri

Técnico: Rogério Ceni

MOTIVO: 38ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

DATA: 9 de dezembro de 2021 (quinta-feira)

LOCAL: Independência

CIDADE: Belo Horizonte

ARBITRAGEM: Caio Max Vieira, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores. Trio do Rio Grande do Norte

VAR: Pablo Ramón Pinheiro (RN)

CARTÕES AMARELOS: Ricardo Silva, Zé Ricardo e Marquinhos Santos (América); Diego (São Paulo)

GOLS: Ademir, aos 12 e aos 16 minutos do segundo tempo

Leia mais:
Classificado para Libertadores, América receberá mais de R$ 21 milhões em premiação