Até os 31 minutos do segundo tempo, no Alfredo Jaconi, no dia 8 de agosto, o Atlético perdia para o Juventude por 1 a 0, quando Hulk deu início à mudança na história desse confronto. Quinze minutos após o gol do Vingador, Nathan Silva foi o responsável por selar uma virada épica, por 2 a 1, e que resultaria no início de uma hegemonia alvinegra no Brasileirão deste ano.

Ao fim da 15ª rodada, o Galo assumiu pela primeira vez a liderança da Série A e se manteve no topo desde então.

Atlético

Até agora, são 19 partidas consecutivas no lugar mais alto da tabela de classificação, construindo uma larga vantagem sobre os oponentes. O time alvinegro tem 71 pontos, oito a mais que o Flamengo, segundo colocado, e 13 na frente do Palmeiras, o terceiro.

Neste sábado (20), às 19h, no Mineirão, o Atlético volta a encarar o Juventude. Se no primeiro turno o jogo diante do Alviverde representou a conquista da liderança pelo Galo, o deste sábado pode ser mais um passo importante rumo ao bicampeonato brasileiro.

Leia mais:
Se atingir meta em 2022, Hulk terá contrato renovado para 2023, diz Atlético
Próximo adversário do Atlético, Juventude é time que está há mais tempo sem perder no Brasileirão
CBF altera horários de Palmeiras x Atlético e Grêmio x Flamengo