O atacante Fred acionou o Cruzeiro na Justiça nesta quarta-feira (3) para que o clube estrelado pague a dívida de mais de R$ 23 milhões que o jogador tem com o Atlético. 

Na peça, o centroavante apresenta documentos que comprovam que a Raposa, antes de selar a contratação do centroavante, em dezembro de 2017, se compromete a quitar a multa. A informação é do ge.globo. 
 
A ação foi protocolada pouco mais de um mês depois que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) intimou o atacante para que ele quitasse o débito referente a uma sanção prevista em contrato, que seria aplicada caso Fred se transferisse do Atlético diretamente para o Cruzeiro, antes de dezembro de 2018, o que efetivamente ocorreu. 

O valor da multa estipulado na época foi de R$ 10 milhões. Com a correção monetária e os juros, o montante chega a R$ 23.261.447,43 atualmente. 

O Cruzeiro foi procurado pelo Hoje em Dia para comentar a ação, mas não se manifestou até o momento. O espaço está aberto para o clube celeste. 

Imbróglio 

A discussão sobre a aplicação da sanção correu por vários meses tanto no modelo arbitral quanto na Justiça comum e o atleta foi derrotado em ambas.

Além da quantia da multa pela ida do jogador para a Raposa, também foram fixados os honorários que devem ser pagos pelo centroavante  (parte derrotada) aos advogados que representaram o Galo no processo. 

Em paralelo à ação envolvendo a sanção contratual, o centroavante, atualmente no Fluminense, cobra o pagamento de R$ 4 milhões de verbas rescisórias devidas pelo Atlético. O Alvinegro, por sua vez, quer que esse valor seja abatido dos R$ 23 milhões.

Leia mais
Qual o valor do duelo com o Londrina? Vitor Leque avalia jogo do Cruzeiro como 'decisão gigantesca'
Trio do Cruzeiro tem testes para Covid-19 inconclusivos e pode desfalcar equipe em duelos decisivos
‘Filme do Galo’ estreia em 11 de novembro em várias cidades brasileiras