Fora dos planos do ex-técnico do Cruzeiro, Felipe Conceição, o meia Giovanni retornou ao time nessa quarta-feira (16), diante da Ponte Preta, a pedido do comandante Mozart, velho conhecido do jogador desde os tempos de Coritiba em 2019. E o retorno veio com moral: foi titular e teve participação na vitória por 1 a 0 no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ao fim da partida, Giovanni ressaltava a alegria de regressar ao clube mineiro, após curta passagem pelo Avaí, e de ajudar o time na luta por uma vaga na elite do futebol brasileiro.

"Estou muito feliz por essa reestreia. Todos sabiam que eu não queria sair daqui. Estou muito motivado por essa volta. E muito feliz com a vitória, estávamos precisando. Aos poucos, a gente vai ganhando confiança. Nossa equipe é muita qualificada, e tenho certeza que vamos buscar coisas grandes na competição", disse à TV Cruzeiro.

Daqui em diante, o desafio de Giovanni é o de acumular boas atuações para se manter entre os 11 principais e, consequentemente, colaborar para mais triunfos dos celestes.

"Costumo falar que, tecnicamente, tem dias que vamos errar, somos seres humanos. Mas vontade e determinação não podem faltar a nenhum companheiro que está vestindo essa grande camisa. Temos que dar o máximo em todos os jogos. Mesmo quando não vencermos, vontade e determinação não podem faltar", comentou.

O Cruzeiro se prepara para o compromisso de sábado (19), às 19h, contra o Operário-PR, no estádio Germano Krüger.

Cruzeiro