Dia 26 de fevereiro de 2013. Em Sarandi, o Atlético aplicou sua primeira goleada na Libertadores daquele ano, por 5 a 2, sobre o Arsenal, com uma atuação arrasadora de Bernard, autor de três gols – Jô e Tardelli também deixaram suas marcas. Às vésperas daquele duelo, o segundo do Galo na competição, até então, Cuca foi a um lugar mítico na Argentina “pegar um pouco de sorte”. Sorte esta que o acompanhou durante todo o torneio, aliando-se à sua competência e à sua fé.

O treinador alvinegro visitou La Bombonera e o Museu do Boca Juniors (situados no mesmo local), dois templos do futebol hermano, não apenas na condição de turista, em um dos raros momentos de tempo livre naquela temporada. Ali, confirmavam os funcionários do Museu, Cuca afirmou que queria sentir aquela energia do hexacampeão da Libertadores. Fato é que ele e o Galo chegaram ao fim da competição como campeões pela primeira vez.

E olha que o time mineiro eliminou a equipe que havia desclassificado o Boca, no caso, o Newell’s Old Boys, nos pênaltis, nas semifinais. Sorte? Bem, como dizem por aí, a sorte acompanha os campeões. Foi assim como o time de La Bombonera seis vezes no torneio, foi assim com o das Gerais naquele 2013 iluminado.

Lembranças

O Boca Juniors será o adversário do Atlético nas oitavas de final da Libertadores deste ano, confronto confirmado em sorteio nesta terça-feira (1). E Cuca já enfrentou os xeneizes em algumas oportunidades.

Como jogador, defendeu o Grêmio ante os hermanos em 1988 na primeira fase da Supercopa da Libertadores. E foi com um gol do agora treinador do Galo que os tricolores levaram a melhor por 2 a 0 no embate de volta e obtiveram a classificação.

No ano passado, já como comandante do Santos, Cuca voltou a rir por último contra o Boca. Nas semifinais da Libertadores, o Peixe levou a melhor por 3 a 0 no segundo jogo e, aliado ao empate sem gols na ida, ficou com a vaga na decisão.

Histórico

Atlético e Boca já se enfrentaram sete vezes ao longo da história. São três vitórias dos argentinos, três empates e um triunfo do Galo. O primeiro embate nas oitavas de final da Libertadores será na semana do dia 14 de julho; o segundo na do dia 21.

Atlético

Em 2013, Cuca colocou Guilherme durante a partida de volta das semifinais contra o Newell's, time que eliminou o Boca. O atacante anotou o segundo gol nos 2 a 0 para cima dos argentinos no Independência.