Assim como o zagueiro Paulo, Marco Antônio foi liberado pela diretoria do Cruzeiro a procurar outro clube nesta temporada, o que pegou o meia de surpresa e revoltou a torcida celeste. Nesse sábado (22), porém, os dois jovens formados na base da Raposa foram utilizados durante o jogo-treino contra o Boa Esporte, vencido pelos azuis por 2 a 0, com gols de Stênio, na Toca II. Mas o que mais chamou atenção foram os comentários durante a transmissão.

O teste foi exibido pela TV Cruzeiro, que recebeu uma enxurrada de mensagens com os dizeres “Fica, Marco Antônio” e “Fica, Paulo”, além de críticas à gestão de Sérgio Santos Rodrigues.

Após o duelo com o Boa, Felipe Conceição falou a respeito do aproveitamento de pratas da casa no plantel, sem entrar no mérito das situações de Paulo e Marco Antônio.

"A gente vê jovens que o Cruzeiro tem hoje no elenco profissional jogando bem, como o Kaiki (lateral), o Stênio, enfim... Trabalho que fazemos no dia a dia e que às vezes não aparece. Então, (o jogo-treino) foi uma oportunidade de atletas que não jogam tanto participarem e mostrarem esse trabalho que estamos fazendo e que dará muitos frutos a médio e longo prazo”, comentou.

Mudança de planos

Em meados de março deste ano, Conceição confirmou que observaria Marco Antônio nos treinos do elenco profissional da Raposa, ressaltando as qualidades do jovem armador.

“O Marco (Antônio) está voltando de um bom tempo inativo, em um processo de readaptação aos treinamentos. E após esse processo será observado por mim, assim como tenho observado outros atletas do clube. Eu tenho puxado alguns da base para treinar conosco”, disse o treinador naquela ocasião.

O meia passou por um período de fortalecimento muscular, o que exigiria uma nova fase para se readaptar à rotina de atividades. “Ele ficou muito tempo parado, está num período de transição. Precisa acostumar a treinar com alta intensidade durante um bom tempo para, depois, a gente observá-lo quando estiver em melhor forma”, afirmou Conceição.

Porém, a liberação do atleta para buscar outro clube confirma que os planos mudaram, e o destino dele não será a Toca II.

Cruzeiro

Marco Antônio e Paulo foram liberados para acertar com outros clubes