Aos 5 minutos do segundo tempo do clássico deste sábado (22), no Mineirão, o americano Rodolfo desperdiçou uma penalidade, chutando no travessão, o que foi crucial para o título do Atlético. Apesar de não ter feito a defesa, o goleiro Everson afirmou que teve, sim, uma parcela de contribuição para o erro do avante.

"Goleiro bom que trabalha e se dedica conta com sorte. E teve jogo emocional com o atacante deles. Eu o induzi a não bater no canto de confiança dele. Ele mudou a batida, e teve essa sorte", disse arqueiro alvinegro, à TV Galo.

Este foi o primeiro título de Everson pelo Atlético, o que, como o goleiro ressalta, tem um gostinho para lá de especial. 

"Graças a Deus é meu primeiro título com a camisa do Galo. Feliz por não ter tomado gol nos dois jogos da final. Isso foi fundamental para a taça”, destacou.

Atlético