A titularidade no duelo de ida da decisão do Campeonato Mineiro veio de forma inesperada – por conta da lesão de João Paulo –, mas rendeu elogios da imprensa, da torcida e do técnico Lisca ao lateral-esquerdo Marlon. Nesta terça-feira (18), o atleta ainda relembrava do bom desempenho apresentado no empate sem gols com o Atlético.

"Partida muito diferente para mim. Não esperava iniciar esse jogo, mas infelizmente aconteceu a lesão do João. Estava bem ansioso e nervoso antes do confronto. Porém, quando a bola rola, tudo se tranquiliza, e as coisas começam a fluir naturalmente. Pude desempenhar meu futebol da maneira que vinha fazendo antes, no Sampaio. Agradeço ao treinador que me apoiou bastante nos treinamentos", disse.

Em sua coletiva após o duelo, Lisca ressaltou que Marlon ainda pode colaborar mais no apoio ao ataque. O lateral concorda. "Fui mais cauteloso, sem ritmo de jogo. Acredito que com uma sequência positiva posso ajudar bem mais na parte ofensiva", comentou.

Por fim, Marlon acredita que o América tem tudo para obter o título estadual. A receita para o sucesso é a mesma do embate de ida, só que, espera ele, com um desfecho diferente. "Nossa equipe é bem postada, muito compacta, tem a transição da parte defensiva para o ataque. Temos que manter o que estamos fazendo. E se Deus quiser vamos sair com o título", afirmou.

América